Selo Black Friday

Imprensa

Vendas e ações desvalorizadas levam Citi a elevar recomendação

Fonte: Infomoney - SP

Publicado em: 20/04/2010

Diante das “fortes vendas” ao longo do primeiro trimestre registradas pela Rossi (RSID3) e do “fraco desempenho de suas ações” nos últimos três meses, o Citigroup elevou sua recomendação para os papéis da companhia de venda para manutenção, além de acrescer R$ 0,10 ao preço-alvo projetado para o final deste ano, para R$ 15,90 – cifra que representa um potencial teórico de valorização de 27,81% frente último fechamento.

Quanto ao desempenho superior ao registrado durante o primeiro trimestre de 2009, os analistas Dan McGoey e Heber Longhurst, que assinam o relatório do banco, destacam os lançamentos e vendas contratas, os quais vieram 65,5% e 47,3%, respectivamente, acima de suas projeções.

Com isso, a equipe elevou suas perspectivas para as vendas líquidas e Ebitda (geração operacional de caixa) para este ano em 12,7% e 3,4%, respectivamente, enquanto o lucro líquido e lucro por ação previsto agora são 2,8% superiores aos valores anteriormente traçados para este ano e 2% para o próximo.

“Baseado na sólida performance de vendas durante o primeiro trimestre reportada ontem, (...) estamos revisando nossa recomendação de venda na Rossi para manutenção”, concluem McGoey e Longhurst, também justificando a melhora na recomendação pelo recente desempenho das ações - 12% abaixo do Ibovespa nos três últimos meses.

No entanto, o Citi mantém sua avaliação de risco especulativo para a companhia, “dado o registro histórico da empresa de falsos inícios de recuperação da lucratividade e o estágio ainda nascente da recente virada financeira em curso”.

Ademais, a instituição salienta que uma expansão nas operações e na receita bruta mais acelerada do que o esperado, bem como divulgações de margens melhores do que as projeções, podem fazer com que o preço-alvo de R$ 15,90 seja extrapolado.

Por outro lado, o já referido histórico de falsas melhorias e possíveis margens de lucro abaixo de outros players, podem pesar sobre o desempenho dos papéis.

Gradual: "excelentes números"
Não foi apenas o Citigroup que adotou uma postura positiva perante aos números da Rossi. A Gradual Corretora também festejou o desempenho, avaliando que a companhia "divulgou excelentes números de lançamentos e vendas no primeiro trimestre de 2010".

Corretor Online

Preencha nome e e-mail para iniciar um chat ao vivo com nossos corretores.

CRECI

Vídeo