Imprensa

Venda de imóveis cresce 48% em abril na cidade de S. Paulo

Fonte: O Estado de S. Paulo - SP

Publicado em: 13/06/2011

O mercado imobiliário na cidade de São Paulo começou a reagir, depois de um desempenho fraco no primeiro trimestre. Em abril, foram comercializados 2.319 imóveis novos na capital, 48% acima de março, mas ainda 28% abaixo de abril de 2010. Os dados são de pesquisa do Sindicato da Habitação (Secovi-SP) divulgada ontem.

Segundo Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi, "os dados são um sinal de recuperação do mercado em abril, mas é preciso verificar se mantém o gás nos próximos meses". De janeiro a março, haviam sido vendidos 4.265 imóveis na cidade, uma queda de 49,6% em relação ao primeiro trimestre de 2010.

Neste início do ano, as vendas de imóveis foram prejudicadas pelo pessimismo dos consumidores, preocupados com as notícias de aumento da inflação e alta dos juros. Além disso, a segunda fase do programa Minha Casa, Minha Vida demorou para deslanchar. Vale ressaltar também que a base de comparação é alta, porque 2010 foi um dos melhores anos da história do setor.

Os números de lançamentos de imóveis também confirmam essa tendência. De acordo com a Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio (Embraesp), foram lançadas 2.129 unidades em abril, 39% a mais que em março. Em relação a abril de 2010, houve queda de 16%. O percentual, no entanto, é menos significativo que a baixa de 19% nos lançamentos verificada de janeiro a março em relação ao primeiro trimestre de 2010.

Petrucci destaca que o segundo semestre é tradicionalmente o mais forte do mercado imobiliário, concentrando 60% a 65% dos lançamentos. "Ainda temos a expectativa de uma recuperação ao longo do ano, permitindo chegar a 24 mil unidades lançadas, mesmo patamar de 2010".

Corretor Online

Preencha nome e e-mail para iniciar um chat ao vivo com nossos corretores.

CRECI

Vídeo