Imprensa

Rossi põe sua marca no Entorno

Fonte: Jornal da Comunidade - DF

Publicado em: 07/05/2011

  Condomínio na Cidade Ocidental abrigará 422 casas em área com mais de 50 mil metros quadrados. O lançamento, realizado no último fim de semana, levou à venda de 40% do empreendimento.

O último final de semana foi movimentado na central de vendas da Rossi, em Valparaíso 1, na BR 040. A Rossi, em parceria com a Construtora Capital, lançou o condomínio Ideal Alto do Lago I, situado na Cidade Ocidental. Durante todo o sábado (30) e todo o domingo (1°), equipes de corretores da Rossi Vendas e da Beiramar Imóveis atenderam aos interessados em conhecer melhor os diferenciais e as condições de pagamento do empreendimento.

O projeto, ainda na planta, prevê a construção de 422 casas em um condomínio fechado, numa área de aproximadamente 54 mil metros quadrados. Ao todo serão 422 casas de 46 metros quadrados cada, com dois quartos e área verde privativa. O financiamento será feito pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, com subsídios de até 100%.

Frederico Kessler, diretor regional da Rossi, considera o Entorno propício para o investimento imobiliário. “Trata-se de uma região grande, com população considerável e próxima ao Plano Piloto. Começamos investindo em Valparaíso e agora estendemos para a Ocidental”, contou. Para o diretor, um dos maiores diferenciais do condomínio recém-lançado são as casas. “Nessas áreas existem muitas casas com loteamento aberto. O conceito que aplicamos no Ideal foi o de casas em condomínio fechado, o que representa mais conforto e segurança”, disse Kessler.

As expectativas de vendas são de 50% no primeiro mês. Para isso foram disponibilizadas 220 unidades. O perfil do público-alvo abrange famílias com renda de três a seis salários mínimos, sobretudo do Entorno. A procura maior é por parte de casais novos, jovens de 25 a 35 anos e casais idosos.

Além dos locais montados para a recepção do público, foi montada uma unidade decorada para visitação e o Espaço Beleza, onde representantes de O Boticário realizaram higienizações de pele e maquiagens, além da distribuição de kits da marca. A estratégia foi homenagear o mês das mães e atrair o público feminino.

Até agora cerca de 40% das casas do Ideal Alto do Lago I foram comercializados. Ary Santos, diretor regional da Construtora Capital, aposta no Ideal como mais um sucesso da parceria Rossi/Capital. “Temos uma parceria muito interessante que tem dado muito certo”, afirmou. A opção pela Ocidental se deu pelo potencial de crescimento da cidade. “A Cidade Ocidental é uma área que vai se desenvolver muito. Muita gente tem procurado o Entorno, essa é uma tendência. E nós, visualizando esse mercado fortíssimo, vamos investir”, explicou.

As expectativas em relação ao condomínio são grandes e o retorno será maior que o esperado, avalia Ary. “O empreendimento será um sucesso não apenas do ponto de vista imobiliário, mas em relação ao desenvolvimento da cidade. Nossa preocupação, além do lançamento em si, é em fazer parte da comunidade. Realizar os sonhos das pessoas é o que buscamos e o que temos feito nesses 36 anos de história da Capital”, assegurou. Após o fechamento da primeira venda, várias transações começaram a ser concluídas.

“A localiação e a infraestrutura foram os itens que mais chamaram nossa atenção”, contou o auxiliar de produção Cláudio Santana, 33 anos, depois de festejar a compra ao lado da esposa, a recepcionista Maria de Macedo, 51. “Fizemos um orçamento e logo fechamos negócio. E o atendimento que recebemos foi excelente”, elogiou Cláudio. “Não temos casa própria e o imóvel é muito bonito”, completou Maria.

O Ideal Alto do Lago I oferece área de lazer completa. Salão de festas multifuncionais, quadras poliesportivas, parquinhos e churrasqueiras são benefícios para uso comum. Praças, circuito de musculação e lixeiras para coleta seletiva em todo o terreno também estão previstas no projeto.

As facilidades no financiamento não são os únicos atrativos do empreendimento. A localização estratégica, na SQ 9, oferece proximidade a locais como prefeitura, hospitais, pontos de ônibus, feira do produtor, bancos, posto de combustível e o shopping regional. As unidades serão comercializadas na central de Valparaíso, nas lojas Rossi Vendas do Setor Comercial Sul e de Taguatinga e no local onde o condomínio será construído.

A cozinheira Angelina Guedes, 39, e o cobrador Marcus Vinícius, 32, foram os primeiros a comprar uma unidade. O casal comemorou. “Vamos deixar para trás o aluguel, morar no que é nosso”, destacou Angelina. Ao ser perguntado sobre o fator decisivo na escolha, Marcus apontou para a esposa, sorrindo. “Foi ela quem escolheu”.

Corretor Online

Preencha nome e e-mail para iniciar um chat ao vivo com nossos corretores.

CRECI

Vídeo