Imprensa

Rossi investe em novas tecnologias construtivas

Fonte: Portal Fator Brasil - RJ

Publicado em: 31/07/2011

A adoção de métodos construtivos industrializados é parte das importantes transformações que têm ocorrido nos canteiros de obras. A introdução de ferramentas de trabalho modernas permite ganho de qualidade, além de gerar uma produtividade maior. De olho nas novas tecnologias e nos processos de modernização, a Rossi, uma das principais incorporadoras e construtoras do País, vem investindo constantemente, em inovações nos métodos construtivos.

Atualmente, a Rossi possui sete fábricas de pré-moldados, sendo que duas delas são centros de distribuições, abastecendo as Regiões Metropolitanas de Campinas (SP) e Porto Alegre. As outras cinco fábricas estão localizadas próximas aos canteiros dos empreendimentos, nas cidades de Campo Grande (MS), Hortolândia (SP), Serra (ES), Porto Alegre (RS) e Manaus (AM).

A companhia utiliza esta e outras tecnologias nos seus projetos voltados para o segmento econômico. Nas fábricas são produzidas paredes, lajes, escadas, baldrames, contra-marcos e muro de fechamentos para as obras. Após estes materiais estarem prontos, eles são transportados para os canteiros, reduzindo o desperdício e aumentando a qualidade e precisão das obras. Juntas, as fábricas possuem uma capacidade de produção de até 4 mil unidades por ano.

Outro sistema construtivo que a Rossi adota em alguns empreendimentos é a utilização do Sistema Monolítico (paredes e lajes concretadas simultaneamente) com a utilização das formas de alumínios. “Com estes diferentes sistemas de industrializações permitem atuarmos nas mais diferentes regiões do país e condições de implantações dos empreendimentos sempre buscando ganho de produtividade, redução do desperdício, aumento de qualidade e atendendo as necessidades comerciais” afirma o diretor de engenharia da Rossi, Renato Diniz.

Corretor Online

Preencha nome e e-mail para iniciar um chat ao vivo com nossos corretores.

CRECI

Vídeo