Selo Black Friday

Imprensa

Rossi é pioneira ao receber a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia de Edifícios Residenciais

Fonte: Revista Engenharia - SP

Publicado em: 08/12/2010

O projeto da incorporadora apresentou nível máximo de eficiência energética avaliada pelo Procel Edifica

Empreender soluções imobiliárias, de qualidade reconhecida, é a missão da Rossi - uma das principais incorporadoras e construtoras do País. A empresa, ainda, tem investido em iniciativas alinhadas à sustentabilidade e será uma das pioneiras a receber a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia de Edifícios Residenciais, concedida pela Eletrobras e pelo Procel Edifica, em um dos seus empreendimentos.

Em seu lançamento, a etiqueta foi concedida a empresas do mercado de construção civil que apresentaram projetos com eficiência energética atestada pelo Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Normatização e Qualidade Industrial - conforme exigências do Procel Edifica - Programa Nacional de Eficiência Energética em Edificações.

Divididas em duas categorias, unifamiliar e multifamiliar, as empresas aderiram ao projeto voluntariamente e podiam ser classificadas em cinco níveis de eficiência, considerando a pontuação A como a mais eficiente e a E como a menos eficiente. A Rossi se destacou dentro da categoria multifamiliar e recebeu a pontuação máxima na etiquetagem ao apresentar o Rossi Atlântida, futuro lançamento no litoral gaúcho. A conquista do nível A, ainda, permitirá a incorporadora receber futuramente o reconhecimento do Selo Procel Edifica.

Composto por casas com infraestrutura completa de lazer e serviços, o empreendimento foi desenvolvido, desde o início, levando em consideração os conceitos de sustentabilidade. O Rossi Atlântida terá unidades de dois, três e quatro dormitórios e será construído em uma área de 170 mil metros quadrados, com apenas 18% de ocupação das edificações e altura máxima de dois pavimentos.

Entre as características do Rossi Atlântida, consideradas pelo Procel e comprometidas com o meio ambiente, estão: edificações de altura baixa e predominância da cor branca como revestimento externo, o que diminui o aquecimento da atmosfera e das residências; o alto índice de ventilação cruzada, diminuindo assim a necessidade do uso de ar condicionado e melhorando o conforto térmico; a iluminação natural; a grande predominância da orientação solar das unidades voltadas para o leste e oeste, evitando as orientações mais frias, viradas para o sul, e quentes, de frente para o norte; o uso de sistema de aquecimento da água da piscina térmica e dos clubes com energia solar; o uso de aquecedores de água a gás nas unidades habitacionais; a utilização de energias renováveis e de sensores de presença em áreas condominiais para diminuir o consumo de energia; a adoção de vasos sanitários com acionamento duplo em todas as unidades; e a medição individualizada de consumo de água, luz e gás.

“A conquista desta etiqueta é muito importante para a Rossi. Seu significado vai além do nosso compromisso com projetos de vida, ela representa a responsabilidade da incorporadora em alcançar metas que refletem positivamente no meio ambiente e na qualidade de vida dos futuros compradores do Rossi Atlântida”, afirma Gustavo Kosnitzer, diretor Regional Sul da Rossi.

Em parte de seus empreendimentos, a empresa já tem colocado em prática soluções sustentáveis. As medidas também são estendidas aos proprietários das unidades Rossi. A empresa firmou parceria com ONGs que promovem a integração dos moradores entre si e com o meio em que vivem. As ações também são feitas com o intuito de desenvolver iniciativas de gestão de resíduos dos condomínios.

Além disso, em 2010, a Rossi criou internamente um departamento de sustentabilidade, que visa a organizar ações que têm relação com o tema, bem como estimular a prática de atividades sustentáveis no dia-a-dia da empresa e entre os funcionários.

Corretor Online

Preencha nome e e-mail para iniciar um chat ao vivo com nossos corretores.

CRECI

Vídeo